>> Home
>> Arquivo
11/04/2009 - Teresa Bergher presidirá Comissão de Ética e Decoro Parlamentar
Vereadores acompanham votação dos membros do Conselho de Ética em sessão legislativa no Plenário da Câmara
A Vereadora Teresa Bergher foi eleita, na sessão legislativa de 7 de abril, membro e presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara do Rio. Os vereadores cariocas também escolheram os demais integrantes da Comissão, que contará com 7 membros efetivos. São eles: - Rosa Fernandes (DEM), eleita vice-presidente - Professor Uóston (PMDB) - Leonel Brizola Neto (PDT) - Paulo Messina (PV) - Sebastião Ferraz (PMDB) e Tio Carlos (DEM). Na mesma sessão, onde votaram 47 vereadores, também foram eleitos os membros suplentes. São eles: - Luiz Carlos Ramos (PSDB) - Jorge Braz (PtdoB) e Renato Moura (PTC).

De acordo com a Resolução nº 1133/09, promulgada na última segunda-feira, dia 4 de abril, caberá a Comissão de Ética atuar na preservação do mandato parlamentar na Câmara Municipal do Rio, instaurar processo disciplinar, proceder a todos os atos necessários à sua instauração, propor penalidade ao parlamentar que praticar a quebra de decoro parlamentar, que vão desde a advertência, suspensão temporária das prerrogativas regimentais, até a cassação do mandato.

Teresa Bergher foi autora do projeto de Resolução nº 2/2005, cujo o texto serviu de base para a elaboação da autal Resolução promulgada pela Câmara do Rio.

03/03/2009 - Vereadora fala sobre o Carnaval carioca
A CPI do Carnaval da Câmara do Rio investigou suspeita de fraude no resultado do Carnaval 2007
Entrevista sobre a CPI do Carnaval veiculada na edição de segunda-feira, dia 2 de março, no Jornal O Dia - coluna Informe do Dia. Veja abaixo a entrevista na íntegra:

Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Câmara do Rio que tentou apurar supostas irregularidades no Carnaval de 2007, a vereadora Teresa Bergher (PSDB) vai tirar da gaveta o projeto de lei, redigido pela Comissão, que passa para a prefeitura a responsabilidade de organizar o Carnaval.

Hoje, a Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) é a responsável pelos desfiles do Grupo Especial e pela administração do Sambódromo. “Tenho uma reunião marcada com o prefeito Eduardo Paes esta semana. Vou levar para ele o relatório da CPI”, diz.

— O que mais chamou a atenção da senhora durante os trabalhos da CPI?
A escolha dos jurados, principalmente. Não se pode deixar que o poder de decisão sobre quem serão os 40 julgadores do desfile fique nas mãos de um homem só, no caso, o presidente da Liesa. Isso dá um poder enorme à Liga, é como um ‘cheque em branco’. Outro ponto: há empresas que trabalham na organização do Carnaval que têm em seus quadros diretores da Liesa.

— E qual seria a solução?
Passar a organização do Carnaval novamente para a prefeitura. Não tenho absolutamente nada contra a Liesa, mas está faltando transparência. Afinal, boa parte do dinheiro que é investido nos desfiles vem dos governos municipal, estadual e federal, ou seja, é fruto dos nossos impostos. Tem que haver licitação. E mais: o espetáculo do Carnaval tem que se tornar auto-suficiente.

— Mas o próprio prefeito vê dificuldades. A prefeitura organizando o Carnaval poderia afastar as escolas...
Não concordo. Quem dá boa parte dos recursos para os desfiles é a prefeitura. E, por exemplo, a Beija-Flor não teria tanto destaque se desfilasse em Nilópolis. Então é algo bom para todo mundo. Além disso, a administração da prefeitura não impede a terceirização de serviços ou a assinatura de convênios.

15/01/2009 - Reinserção social
Morador de rua - uma das grandes questões sociais das grandes cidades
Na primeira sessão legislativa do ano, a Vereadora Teresa Bergher (PSDB) apresentou projeto de lei propondo a contratação temporária de pessoas provenientes de abrigos da Prefeitura do Rio, por empresas prestadoras de serviço terceirizado à Câmara Municipal do Rio.

De acordo com a parlamentar, o objetivo da proposta é contribuir com o trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social referente ao acolhimento dos moradores de rua. Para Teresa Bergher, levar o morador de rua para os abrigos públicos não é suficiente, tornando-se necessária buscar condições de acesso ao trabalhao e renda a essa parcela da população.

"é importante a adoção de políticas públicas que assegurem, positivamente, a inclusão social dessas pessoas, sobretudo, considerando o competitivo e excludente mercado de trabalho", justifica a parlamentar.

02/01/2009 - Teresa Bergher é líder do PSDB na Câmara do Rio
Teresa Bergher é empossada Vereadora do Rio
Uma sessão solene, realizada no dia 1º de janeiro, no Plenário Teotônio Vilella da Câmara do Rio, deu posse a vereadora Teresa Berhger e a mais 50 parlamentares para a 8ª Legislatura de 2009/2012. Na mesma solenidade, a parlamentar foi eleita líder da bancada tucana. Os parlamentares cariocas também elegeram, por unanimidade, os membros da Mesa Diretora da Casa, que passa a ter como presidente o Vereador Jorge Felippe (PMDB).

18/12/2008 - Hebe Camargo recebe medalha Pedro Ernesto
Teresa Bergher, Fernanda Montenegro, Lily Marinho e o deputado federal Otávio Leite, ao lado da homenageada Hebe Camargo
A apresentadora Hebe Camargo, paulista de Taubaté, recebeu da vereadora Teresa Bergher e do deputado federal Otávio Leite, o conjunto de Medalhas Pedro Ernesto, maior honraria do município. A solenidade aconteceu no tradicional hotel Copacabana Palace, nesta quarta-feira, dia 17 de dezembro. "Nesta altura da vida, não imaginava viver isso. Quando nova, acompanhava socialites neste hotel e nem imaginava que um dia teria cacife para freqüentá-lo", disse Hebe, antes de declarar sua paixão pela cidade: "O engenheiro que construiu o Rio foi Deus".

O evento reuniu políticos, socialites e artistas, entre eles, Fernanda Montenegro, Rosamaria Murtinho, Claude Amaral Peixoto, Leila Schuster, Natália Guimarães, Gisella Amaral e Lily Marinho.

>> Voltar
>> Arquivo
NOTÍCIAS
26/05/2009
Postos de Saúde até às 20h
19/05/2009
19/05/2009
Vereadores da CPI do Pãozinho ouvem primeiros depoimentos
12/05/2009
Teresa Bergher é relatora da CPI das Multas
>>  cadastre seu email e receba as notícias da vereadora
OPINIÃO
Recesso parlamentar
Eu subo a esta Tribuna hoje para fazer um comentário sobre um artigo publicado no jornal O Globo de hoje, de autoria da nobre Vereadora Clarissa Garotinho, por quem eu tenho o maior apreço, o maior respeito pelo trabalho que vem desenvolvendo nesta Casa, mas achei conveniente esclarecer alguns pontos.
Leia mais...