Vereador Biografia

Biografia da vereadora: Quem é Teresa Bergher?

vereador rj vereadora

Como a vereadora começou? A professora Teresa Bergher começou a fazer política há 30 anos, ao lado de seu marido, o falecido deputado Gerson Bergher. Foi subprefeita de Copacabana e administradora regional da Maré. Em quase 12 anos na Câmara dos Vereadores, no terceiro mandato parlamentar, é reconhecida como a mais rigorosa fiscal da execução orçamentária do Município, o que gera muitas denúncias ao Ministério Público e à imprensa, como os desvios da OS Biotech, que atua na área da Saúde, em que os donos foram presos; o caso Tesloo; os contratos sem licitação da RioSaúde; a farra dos cachês para artistas; o aumento do custo da obra dos piscinões da Praça da Bandeira, apesar da diminuição da capacidade de armazenamento prevista inicialmente no projeto, entre tantos outros desmandos.

Contas Públicas

Foi de olho nas contas públicas que Teresa passou a suspeitar de que algo ia mal no zoológico do Rio, pois os investimentos minguavam ano a ano, apesar de a verba destinada ao parque aumentar. Vistoria e denúncias da vereadora acabaram provocando a interdição do zoo, onde os animais eram mantidos em condições precárias. Membro da Comissão de Defesa dos Animais, a vereadora apresentou emendas ao orçamento para garantir mais recursos à Secretaria de defesa dos Animais e verbas para a Suípa. É de autoria de Teresa a lei que obriga a Prefeitura a vacinar cães contra a Leishmaniose.
Como legisladora, é autora de várias leis relevantes, entre elas, a que criou o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar; a semana de luta contra o câncer de mama; a proibição do uso de água potável para limpar calçadas; a determinação de que banheiros de estabelecimentos comerciais sejam abertos ao cidadão; a lei que estabelece diretrizes para a inclusão de alunos com deficiência nas escolas municipais; a que proíbe a cobrança de ingresso no sambódromo para os ensaios técnicos; a que determina a divulgação na internet de todo o material apreendido pela fiscalização ou pela Guarda Municipal.

Luta pela Ética

Na luta pela ética parlamentar e contra os gastos excessivos de recursos públicos, foi a primeira vereadora a dizer não aos carros oficiais para vereadores. Teresa também se destacou ao cobrar na justiça a devolução do dinheiro gasto na ciclovia Tim Maia, construída e fiscalizada pelo grupo Concremat; a punição para os responsáveis pela obra, que desabou, levando à morte duas pessoas, e que as empresas do grupo sejam consideradas inidôneas. Levantamento do gabinete de Teresa Bergher também mostrou que uma das empresas do grupo da família do secretário de turismo é a responsável pela avaliação da qualidade do asfalto da cidade.

Vote no melhor vereador RJ

Teresa foi a primeira presidente do Conselho de Ética; presidiu a Comissão de Direitos Humanos durante seis anos; e, atualmente, é membro da Comissão em Defesa dos Animais e do Consumidor. Líder do PSDB e vice-presidente municipal do partido, a candidata é conhecida por denunciar malfeitos e lutar por projetos e causas de interesse do cidadão, como a instalação do ar condicionado em todos os ônibus da cidade; a revisão da chamada “Racionalização das Linhas de Ônibus”, que vem prejudicando a população; a circulação de mais coletivos à noite; e saneamento básico nas comunidades carentes.
Quem é o melhor vereador RJ? Qual vereador votar? vereador Ficha limpa é Teresa bergher. Melhor vereador do Rio de Janeiro. Vereador RJ
vereador RJ vereadora Teresa Bergher

Deveres e responsabilidades do Vereador RJ eleito

Responsabilidades

É dever do prefeito, do secretário e dos conselheiros assegurar que a cidade cumpre seus deveres sob a lei e exerce legalmente seus poderes.

Funcionários da cidade às vezes pode ser responsabilizado pessoalmente por não agir ou por tomar medidas não autorizadas por parte da cidade. Para evitar processos de responsabilidade pessoal, os funcionários municipais devem obter um conhecimento prático das leis que regulam o governo municipal. Sempre que houver qualquer dúvida sobre a validade de uma ação ou procedimento, as autoridades municipais devem consultar seu advogado da cidade.

Papel do conselheiro individual

Os deveres estatutários do Vereador RJ devem ser realizados, quase sem exceção, pelo conselho como um todo. Por exemplo, o conselho, e não membros individuais, deve supervisionar os funcionários administrativos, formular políticas e exercer os poderes da cidade.
Os membros do Vereador RJ devem dedicar seu tempo oficial a problemas de política básica e atuar como ligação entre a cidade eo público em geral. Os membros do Conselho devem se preocupar, não só com a conduta dos assuntos diários, mas também com o desenvolvimento futuro da cidade.
A responsabilidade mais importante de um membro do conselho é a participação nas reuniões do conselho. Em cidades estatutárias, cada conselheiro, inclusive o prefeito, tem autoridade plena para fazer e segunda moções, participar de discussões, e votar em cada assunto antes doVereador RJ.

Em uma cidade estatutária, qualquer dois conselheiros de um conselho de cinco membros ou quaisquer três membros de um conselho de sete membros podem convocar uma reunião especial. No entanto, deve-se ter o cuidado de dar uma notificação adequada.

Papel do Vereador RJ

Como indivíduos, os membros do conselho como vereador RJ não têm autoridade administrativa. Eles não podem dar ordens ou supervisionar os funcionários da cidade, a menos que o Vereador RJ o ordene especificamente. O conselho, entretanto, tem a autoridade completa sobre todos os assuntos administrativos na cidade. Nas cidades do Plano B, esta autoridade geralmente está restrita à realização de investigações e ao estabelecimento de políticas a serem executadas pelo gerente.

As principais áreas de autoridade e responsabilidade do Vereador RJ são:

Julgar a qualificação e eleição de seus próprios membros
Estabelecer e interpretar as regras que regem os seus próprios procedimentos
Exercer todos os poderes das cidades que a lei não delega a outros
Legislando para a cidade
Dirigir a execução das ordenanças da cidade
Nomeação de pessoal administrativo
Transacionando negócios da cidade
Gerenciamento das operações financeiras da cidade
Nomeação dos membros do Vereador RJ de administração
Conduzir os assuntos intergovernamentais da cidade
Proteger o bem-estar da cidade e seus habitantes
Fornecer liderança comunitária
Outras competências específicas

Papel do prefeito

Como chefe da cidade, o prefeito fala oficialmente tanto para o governo quanto para a comunidade como um todo. Em todas as cidades estatutárias e na maioria das cidades charter, o prefeito é o presidente e membro regular do conselho da cidade. O prefeito tem todos os poderes e deveres para o cargo de membro do Vereador RJ, além daqueles de prefeito.
Em uma cidade de charter home rule, a carta especifica os deveres e responsabilidades do prefeito. Os prefeitos das cidades estatutárias têm os seguintes papéis:

Chefe oficial da cidade
– O prefeito normalmente serve como o representante da cidade antes da Assembléia Legislativa de Minnesota, agências federais e outros governos locais.
– O prefeito geralmente recebe visitantes importantes, dá conversas formais e informais e participa de eventos públicos.
– O prefeito muitas vezes exerce a liderança nos assuntos da cidade. Como os prefeitos das cidades estatutárias não possuem uma autoridade individual significativa, essa responsabilidade exige freqüentemente tato e não atos de direção ou controle supervisório.
Executar documentos oficiais
Poder para fazer algumas nomeações
Presidente das reuniões do Vereador RJ
Inspetor de ervas daninhas
– A cidade também pode nomear inspectores de erva daninha assistente, que têm o mesmo poder, autoridade e responsabilidade do prefeito na qualidade de inspector de erva daninha
Deveres eleitorais
Investigando incêndios
Declaração de emergências locais

 
vba
familia
escritorio de advocacia rj
escritorio de advocacia
casas em miami
o que fazer em miami
reputacao online
mensagem para namorado